Atletas de Maricá conduzem a chama olímpica em Itaboraí

0
219

A cidade de Maricá marcou presença nesta terça-feira (02/08) no revezamento da chama olímpica, que chega ao Maracanã na sexta-feira (05/08) para a abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016. A nadadora Mariana Mello e o corredor Robson Júnior conduziram suas tochas na passagem pelo bairro Venda das Pedras, em Itaboraí. A passagem teve início por volta de 12h30 no mesmo local onde começa a rodovia RJ-114, que dá acesso a Maricá.

Mariana Mello, que treina desde os 11 anos com apoio da Prefeitura de Maricá, foi a primeira e conduzir o fogo dos jogos na localidade. Após percorrer uma distância de aproximadamente 300 metros, ela acendeu a tocha para que Robson Júnior também cumprisse o mesmo percurso no sentido do centro de Itaboraí. Ainda no local, a nadadora falou da emoção que sentiu. “É uma felicidade enorme de viver esse momento e ter em minhas mãos um símbolo de união, paz e igualdade. Foi sensacional poder viver isso e participar dos Jogos do nosso país”, declarou Mariana.

Mais tarde, ela esteve na prefeitura acompanhada dos pais, Arley e Adriana, para mostrar sua nova relíquia e falar mais sobre o momento inesquecível. “Já estava muito ansiosa e emocionada no ônibus que nos levou ao local e quando me avisaram que eu seria a primeira no revezamento, comecei a chorar ali mesmo. Para mim foi importante também porque vivemos um momento muito conturbado no Brasil e no mundo e o fogo olímpico simboliza a união dos povos”, descreveu.

A nadadora agradeceu o apoio e disse que pretende levar a tocha a espaços públicos como a Casa do Idoso Mais Feliz e o Serviço de Atendimento de Reabilitação Especial de Maricá (SAREM), além de escolas da rede municipal, como uma forma de motivação. “A tocha carrega um símbolo de paz para o mundo, que é a chama olímpica. Acho que é uma mensagem bacana para todos”, avalia Mariana, que nasceu no Rio e vive em Maricá desde os 5 anos.