Espraiado de Portas Abertas - Foto: Michel Monteiro

O “Espraiado de Portas Abertas” realizado no último domingo (10/06), com o apoio da Prefeitura de Maricá através da Secretaria de Turismo, fez uma homenagem aos festejos juninos e teve como prato principal a tradicional feijoada, uma escolha dos próprios participantes por causa da realização da festa de Santo Antônio, que acontece no local durante este período.

Realizado a cada dois meses, o evento teve a participação de mais de dez estabelecimentos entre sítios, fazendas, pequenos produtores e barraquinhas, que além da comida e quitutes típicos, ofereciam música ao vivo.

Proprietária do Sítio do Riacho, Regina Sebould falou sobre o fortalecimento do turismo rural. “Maricá é lindíssima, mas o Espraiado tem uma característica especial por ser uma área de riachos, cachoeiras e fazendas. Estamos desde 2008 tentando estimular esse turismo na nossa região. Então, no dia do Espraiado de Portas Abertas todos abrem suas portas visando a sustentabilidade e a divulgação das nossas belezas. É uma valorização da nossa cultura e eu acredito muito nesse evento porque estamos logisticamente muito próximo dos grandes centros como Rio e Niterói”, esclareceu.

Para atender os gostos de todos os visitantes, no estabelecimento de Regina havia duas mesas. “Hoje como é dia de feijoada, temos que ter pelo menos um bolinho de feijão, mas isso não impede que trabalhemos com o que quisermos. Eu faço um buffet com bastante variedade e como aqui atendemos um público de linha natural, vegana, além da tradicional feijoada brasileira cheia de carnes, oferecemos também uma feijoada vegana com proteína de soja, linguiça de soja, cenoura, muitas frutas e saladas”, explicou.

Perto dali, no Largo de Santo Antônio, artesãos do Feirarte comercializavam seus produtos, além de bolos típicos, cocadas e pé de moleque. “Para mim essa oportunidade de estar aqui oferecendo o trabalho que eu faço é muito importante. O projeto me dá uma oportunidade que eu não imaginava ter. E agora também aceitamos o cartão Mumbuca”, frisou Carmen Lúcia Pereira, que mora em Araçatiba.

Moradora do Flamengo, Vanessa Marcos (31 anos) contou que procura sempre participar das edições. “Um evento como esse gera turismo na cidade, faz com que as pessoas venham conhecer um bairro que é um pouco distante do Centro, sua atividade local, as pessoas que trabalham aqui com artesanato, as comidas. Isso é muito positivo”, elogiou.

Coordenador de eventos de Turismo, Elson Ribeiro anunciou novidades. “Hoje o prato é feijoada, mas já tem gente servindo o famoso guando que será o prato da próxima edição, em agosto. Então eu convido a todos para que venham à Maricá curtir esse projeto de turismo rural que é o Espraiado de Portas Abertas e que esse ano, em dezembro, completa 10 anos de existência. Venham todos e conheçam um dos lugares mais lindos da cidade”, convidou.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here