Feira de adoção de animais - Foto: Elsson Campos

A feira de adoção animal, que esteve no último sábado (07/07), na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro, mobilizou muitas pessoas. Sete animais ganharam um novo lar e muitos outros ainda permanecem nos lares temporários dos protetores voluntários esperando um novo dono, com possibilidade de adoção posterior (basta entrar em contato com a Coordenadoria Especial de Proteção Animal de Maricá).

Para a coordenadora de Proteção Animal, Milena Costa, a iniciativa vai além da adoção em si. “Precisamos falar sobre o abandono. Muitos animais são resgatados das ruas em condições deploráveis e realizamos um trabalho de recuperar a saúde deles, deixando-os bem para que sejam adotados por uma família responsável. Infelizmente o abandono de animais em nossa cidade é grande e as pessoas precisam ter em mente que o animal não pode ser tratado como um simples brinquedo, que quando não pode mais ser criado, é jogado nas ruas. O adotante tem que ter responsabilidade e, caso não possa mais cuidar do bicho, que procure alguém que esteja disposto a cuidar dele da melhor maneira”, disse.

Maria Eduarda Reis, de 11 anos, adotou o cãozinho Rabito, que fará companhia aos seus outros bichos (dois gatos, um cachorro e uma calopsita). “Eu adoro bicho e lá em casa tem bastante espaço. Ele vai ser um novo amigo para a minha família e para os meus outros bichinhos também. Estou muito feliz em poder adotar mais um animal”, concluiu.

Os protetores também receberam doação de ração para os animais que são assistidos por eles. A doação de ração pode ser feita a todo momento para a coordenadoria, através do contato direto com a Coordenadoria Especial de Proteção Animal fica na Rua Prefeito Hilário Costa e Silva, número 100, no Parque Eldorado.

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here