Qualificação para médicos da Atenção Básica - Foto: Elsson Campos

Pela primeira vez ministrado para médicos da Atenção Básica, o curso de Suporte Básico e Avançado de Vida, do Núcleo de Educação Permanente (NEP) da Secretaria de Saúde de Maricá, foi realizado no início da tarde desta quarta-feira (01/08), na sede da Escola Municipal de Administração (Emar), no Centro.

Durante a instrução, que é baseada no protocolo da American Heart Association (Associação Americana do Coração), o enfermeiro Victor Hugo Vieira, do NEP, falou sobre procedimentos e a constante atualização dos conhecimentos. “A American Heart Association é uma organização que estabelece normas internacionais para os atendimentos de emergência. A cada cinco anos estes protocolos mudam, e são trazidos novos conceitos para atualização dos médicos”, explicou Victor.

De acordo com a supervisora dos médicos da Atenção Básica, Deborah Sardinha, a ideia é trabalhar a educação continuada com diversos temas, começando pelo suporte básico à vida na emergência. “Finalizando estas turmas, começaremos com turmas de instrução sobre atendimento a pacientes traumatizados e afogados”, antecipou Deborah, ressaltando que as unidades básicas são porta de entrada do público. “Apesar de não ser comum, temos a chance de receber pacientes em estado grave ou que precisem desse atendimento de urgência, e é necessário estar preparado para isso”, afirmou.

Pediatra da Estratégia de Saúde da Família, Carolina de Andrade Stallone Judice, considerou a iniciativa extremamente importante. “Já recebemos estes conhecimentos em algum momento da vida, mas no contexto da atenção básica essa prática não é uma frequente, por isso acho tão essencial o acesso a essa atualização”, contou Carolina, destacando ainda a constante mudança de protocolos da saúde. “As coisas mudam sempre, novas condutas são acrescentadas com frequência, então eu acho muito importante. O curso é muito bacana”.

Clínico Geral no Posto de Saúde da Família (PSF) do Retiro, em São José de Imbassaí, Ernesto Ricardo Baquero Lugo falou sobre a forma como enxerga a proposta. “Na Saúde da Família nosso atendimento é voltado ao suporte clínico, no entanto, passar por este tipo de formação é bom para a cultura geral e para nos manter preparados em caso de imprevistos”, ressaltou Ernesto.

Também membro do NEP, o técnico em emergência médica Claudemir Quirino, explicou que o NEP tem a finalidade de melhorar a qualidade técnica dos profissionais que atuam na pasta, agregando iniciativas de aprendizado que tragam conhecimentos e novidades. “Já realizamos cerca de 35 treinamentos e temos em andamento a capacitação da Atenção Básica (Postos de Saúde e de Emergência), Guarda Vidas e Defesa Civil, melhorando técnicas de reanimação e ressuscitação, acabando com as dificuldades encontradas no primeiro atendimento”.

No próximo dia 10/08 (sexta-feira), 10 novos médicos da Atenção Básica passarão pela instrução no período entre 8h e 13h. Já nos dias 13 e 20/08, o treinamento será passado aos agentes comunitários de saúde (ACS).

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here