Aleida Guevara visita Hospital Dr. Ernesto Che Guevara - Foto: Elsson Campos

A médica cubana Aleida Guevara visitou nesta segunda-feira (01/10) as instalações do hospital que leva o nome de seu pai, Ernesto Che Guevara, que fica em São José do Imbassaí. A visitação foi acompanhada pelo vice-prefeito, Marcos Ribeiro, pelos secretários João Carlos de Lima (Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher), Sérgio Mesquita (Comunicação, Ciência e Tecnologia), Simone Costa (Saúde) e por membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Mais cedo, Aleida foi recebida no gabinete do prefeito, na sede do paço municipal.

O vice-prefeito Marcos Ribeiro falou da expectativa de inaugurar o hospital, que já tem a sua obra concluída e está em fase de licitações para compra de equipamentos. “Nós já vivenciamos isso em outras obras, mas essa daqui trata-se de uma obra de milhares de metros quadrados. É uma obra enorme e com a vantagem de não ter um 2º andar, não precisar fazer elevador e nem rampa, por ser toda linear. É uma grande felicidade chegar aqui e já ver o hospital praticamente pronto”, afirmou.

Ao percorrer por todas as dependências internas do futuro novo hospital, Aleida Guevara se surpreendeu com o tamanho do local, que tem cerca de 240 metros de comprimento e aproximadamente 10 mil metros quadrados de área. “Tem que colocar um mapa ou uma boa sinalização para que as pessoas não se percam aqui dentro. Creio que um hospital que tenta ser útil para o povo tem um valor extraordinário”, disse Alieda. A médica parabenizou a Prefeitura pela homenagem feita ao seu pai. “Apesar de Che não ter nascido em esse país, ele é um homem que pode ser guia para qualquer ser humano que queira mudar a realidade, que queria um mundo muito mais justo para todos. Então, um hospital que tem seu nome é uma coisa belíssima”, completou.

Secretária de Saúde, Simone Costa detalhou quais são os procedimentos burocráticos que faltam para que o hospital seja inaugurado. “Falta a parte final de testagem dos equipamentos, que já estão sendo licitados. Também estamos na fase final de vigilância sanitária do Rio, e as licenças junto ao Conselho Regional de Medicina e Conselho Regional de Enfermagem para termos toda a estrutura física já funcionando. O hospital também já está com o CNPJ. Ou seja, toda essa legalização do Che Guevara já está sendo feita. A obra interna já acabou e agora são equipamentos e alguma parte externa”, explicou a secretária.

O término do processo de licitação para a entrega de mobília está previsto para dezembro. A Prefeitura aguarda ainda a homologação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), da Secretaria Estadual de Saúde e do Ministério da Saúde. Na parte externa falta concluir a pavimentação, instalação de portarias, estacionamento, jardins e a construção de três prédios anexos que vão abrigar auditório, setor administrativo e área destinada para a manutenção dos equipamentos.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here