Asfalto na orla de Itaipuaçu - Foto: Marcos Fabricio

Mesmo com a série de feriados prolongados no mês de novembro, o ritmo das diversas obras em Maricá não diminuiu. Além das intervenções pontuais por toda a cidade, outras ações de grande porte tiveram continuidade ou foram iniciadas nos últimos 30 dias. Entre as novas, uma antiga reivindicação de quem transita ou mora no entorno da Estrada dos Cajueiros, que liga a rodovia RJ-106 ao loteamento Jardim Atlântico, em Itaipuaçu, começou a ser atendida. A via passou a receber uma série de melhorias em 3,7 quilômetros de sua extensão que incluem duplicação de sua pista, nova pavimentação, iluminação e a construção de uma ciclovia central. As obras terão duração de aproximadamente um ano e vão beneficiar também as ruas C e Tropical (antiga 71), que vão compor um sistema binário de acesso à estrada, que agora se chama Oscar Vieira da Costa Júnior.

A primeira intervenção a ser realizada será a implantação de um sistema de drenagem em toda a estrada. As manilhas já podem ser vistas à margem da via por quem passa. O projeto inclui ainda três pontos de retorno com rotatórias: o primeiro na junção com a RJ-106, outro na altura da Rua 15 e o último próximo ao sistema binário, por onde a obra vai começar. As ruas C e 71 também passarão por melhorias para receber o fluxo de veículos de quem deixa a região pela estrada, utilizando também um trecho da Avenida Jardel Filho (antiga Avenida Dois). A nova pista duplicada começa na altura da Escola Municipal Oswaldo de Lima Rodrigues, por onde será acessado o sentido da rodovia.

Na rodovia RJ-106, a mais complexa etapa da obra de macrodrenagem em São José de Imbassaí foi finalizada com a instalação das últimas peças pré-moldadas que vão escoar águas das chuvas por baixo da rodovia RJ-106, na altura do quilômetro 22. Na lateral da pista sentido Tribobó, estão sendo montadas as manilhas com 1,5 metro de diâmetro que vão compor a nova rede vinda da Estrada Joaquim Afonso Viana (antiga Estrada da Cachoeira), que será completada por outra com tubos de 1,2 ao longo da via. Uma grande caixa de passagem será montada para unir estas com a rede maior, e também terá uma ligação com as galerias pluviais já existentes no acostamento, vinda da área do futuro Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara.

Mas a surpresa ficou para o fim do mês: a orla de Itaipuaçu viveu um marco em sua história no dia 29, quando equipes da Secretaria de Obras de Maricá aplicaram os primeiros 300 metros de asfalto da Avenida Litorânea, como parte do projeto de urbanização da região iniciado neste ano. O primeiro trecho pavimentado fica entre a Rua Professor Cardoso de Menezes (antiga Rua Um) e um restaurante da orla. Nos próximos dias, haverá pavimentação diariamente nos pontos onde a preparação estiver concluída. Veja aqui a lista completa das obras realizadas ao longo do mês.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here