Festa da Pesca na praia de Itaipuaçu - Foto: Clarildo Menezes

A Praia de Itaipuaçu registrou um fim de semana intenso. A 47ª Festa da Pesca de Maricá, promovida pela Prefeitura através das secretarias de Turismo e Esporte e Lazer, com organização do Gaivotas Clube de Pesca, recebeu 130 trios de pescadores amadores, federados e de clubes, que ‘tomaram conta’ de quatro quilômetros da praia sábado e domingo (04/05 e 05/05).

Com atrações musicais, passeio ciclístico e disputas, a tradicional festa do bairro trouxe para o município atletas de pesca de municípios vizinhos, como São Gonçalo, Niterói e Saquarema e de outros estados, como Espírito Santo. “Estamos fazendo a maior festa da região sudeste dos últimos 20 anos, pois está bem cheia, com diversas equipes de federados e não federados e estamos felizes com os resultados”, disse Gustavo Rozzo, diretor de esporte da Federação de Pesca e Lançamento do Estado do Rio de Janeiro (Fepelerj).

A partir das 16h os participantes conheceram os ganhadores. O Pampo Clube de Pesca, de Saquarema, levou para casa os troféus das três primeiras colocações na categoria geral, que valia, também, o prêmio em dinheiro. O Pampo, com a trinca pink fluorescente, levou para casa o prêmio de R$ 1.500; o Pampo com a trinca dourada levou R$ 900; e o Pampo trinca preto levou R$ 600.

“Nosso clube é um dos mais tradicionais do Brasil e a nossa ideia de unir o pessoal mais antigo com o mais novo, para que eles também ganhem experiência e representem o clube nos campeonatos”, disse Bruno Carneiro, um dos integrantes que levou o primeiro lugar geral, explicando a dinâmica das trincas.

“Além da disputa, a gente também enxerga a pescaria como uma diversão, trazendo a família para a beira da praia, incentivando o cuidado com a natureza, que é muito importante, e ano que vem estaremos aqui de novo, como nas outras edições e buscando mais um título”, concluiu Bruno, ao lado dos amigos de trinca Alex Borges e João Cassalta.

Apesar de ser a Festa da Pesca, o evento não reuniu somente os pescadores e seus familiares. O casal Ricardo Mello, 53 anos, e Adriana Mello, de 47, moradores de Itaipuaçu participou do passeio ciclístico no início do evento, no domingo (05). Ele, ex-morador de Niterói, e ela, mineira, adoraram o clima do evento e pretendem participar dos próximos. “Como boa mineira, adoro praia e se pudesse estaria todos os dias aqui. Agora que sei desses eventos, pretendo participar sempre, pois gosto de tudo o que é relacionado a praia”, disse Adriana.

“Nós gostamos muito de participar do passeio ciclístico e achamos bem tranquilo, o percurso era pequeno e nos divertimos bastante. Pretendo estar sempre por aqui prestigiando os eventos que acontecerem”, complementou Ricardo.

Após o percurso, o passeio ciclístico premiou um participante. Vera Santos, de 66 anos, mora há 15 anos em Itaipuaçu e foi ao evento com a amiga e vizinha, Tânia Ribeiro, de 44 anos. Após o passeio, Vera foi contemplada com uma bicicleta e contou a emoção. “Eu vim para o passeio a convite da Tânia, mas não sabia que teria o sorteio. Fui a sorteada e fiquei super feliz, pois a antiga estava toda hora dando problema no pneu”, disse. “Nós participamos da Festa da Pesca há 15 anos, desde quando viemos morar aqui e adoramos o clima. É sempre muito bom e fiquei super feliz por Vera ter ganhado a bicicleta”, contou, animada a amiga Tânia.

Tradicional na festa, o concurso Rainha da Pesca deu o título para Thaís Nayara, de 18 anos e moradora de Itaipuaçu. A jovem levou para casa o prêmio em dinheiro e ganhou um book fotográfico. “Ano passado fiquem em terceiro lugar e este ano, finalmente, ganhei como Rainha e estou muito feliz. Moro em Itaipuaçu desde que nasci e amo a praia, estou no lugar certo”, disse.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here