Diversos serviços foram oferecidos gratuitamente no último sábado (dia 13/7) na ação social “Cras Itinerante” realizada em Camburi, na futura praça do bairro, entre as ruas Abraão, Paulinho do Ferro Velho e Geraldo Ferreira Lima, numa iniciativa da secretaria de Assistência Social, por meio do Cras CEU, em parceria com a pasta de Habitação e Assentamentos Humanos e diversas outras secretarias. Ao todo, 363 moradores da região foram atendidos nos diversos serviços prestados.

A ação contou com variadas atividades como shows musicais, recreação esportiva, aferição de pressão arterial, vacinação, orientações sobre os serviços da Assistência Social como o Creas, do Cras CEU, Acolhimento Social, Cadastro Único, Serviço de Atendimento Psicossocial Álcool e Drogas (SAPAD), Equoterapia, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), Conselho Tutelar e projeto Casamento Comunitário. As crianças se divertiram com o palhaço mágico, Zé Farinha, e todos curtiram o show do Lucas Roberto e Paulo Hernani, cedidos pela Secretaria de Cultura.

A secretaria de Esporte levou as equipes de tiro com arco, circuito funcional e “badminton”, por meio dos programas “Esporte Presente” e “Maricá + Esporte”. A Saúde levou o programa ATAN (Área Técnica de Alimentação e Nutrição) que realizou avaliação e orientação nutricional, além do acompanhamento das condicionalidades da saúde para o programa Bolsa Família. A equipe do Posto Central atualizou as vacinas dos moradores e a equipe da Estratégia de Saúde da Família do Retiro aferiu a pressão e realizou teste de glicose.

A Secretaria de Trabalho realizou o agendamento para a Carteira de Trabalho e inscrições para os cursos de qualificação profissional. A Agricultura, Pecuária e Pesca doou 50 mudas de frutíferas. A ação também contou com a participação da Coordenação de Proteção Animal com o cadastro de 40 vagas para castração de cães e gatos.

A equipe da Diretoria de Conservação da Autarquia de Serviços e Obras de Maricá (Somar) também esteve presente e aproveitou para apresentar os projetos para os moradores como a futura Praça do Camburi, da nova Creche na região, da “Praia Limpa” e “Conserve com a Gente”, além de ter realizado agendamentos das limpezas e retiradas de resíduos nas ruas da região.

Os moradores ainda tiveram os serviços de corte de cabelo e barba realizados pelos alunos e professores do Instituto Embelleze de Maricá. O secretário de Assistência Social, Jorge Castor, agradeceu a união e disposição das equipes das secretarias municipais e da equipe da pasta e afirmou que o objetivo é melhorar a qualidade de vida dos moradores que residem distante dos equipamentos da Prefeitura. “Este projeto existe há três anos e estamos cada vez mais contemplando bairros descentralizados. Aproveito para agradecer aos secretários e vereadores que abraçam esta ideia e trabalham como uma equipe só em prol da população maricaense, assim como o prefeito, Fabiano Horta, que confia no nosso trabalho”, destacou. “Fico emocionado em ver estes moradores numa ação como esta, onde conseguimos receber as demandas reprimidas para serem sanadas”, relatou Castor.

A secretária de Habitação e Assentamentos Humanos, Rita Rocha, ressaltou que a comunidade do Camburi foi a primeira a ser beneficiada com a entrega dos títulos de Concessão de Direito Real de Uso (títulos de propriedade), em dezembro de 2017, por meio do programa Endereço Certo. “É um momento muito feliz estar com essa comunidade. Desde que entregamos os títulos para esses moradores, nos comprometemos a realizar ações do governo para oferecer serviços gratuitos e dar mais qualidade de vida eles”, concluiu.

As vizinhas Marcele Monteiro, de 19 anos, Camila Ribeiro, de 25 anos, e Roseni Monteiro, de 53 anos, fizeram questão de comparecer a ação social. “Que sábado maravilhoso. Ter tantos serviços juntos num só lugar. Eu gosto de participar de todas as atividades. Estou impressionada com a estrutura montada especialmente para nos atender”, disse Marcele.

Moradora há 14 anos do bairro, Francisca Andrade e Souza, de 61 anos, trouxe todos os netos para se divertirem nas recreações disponíveis. “Vim verificar minha pressão e trouxe a criançada para brincar à vontade e cortar o cabelo. Muito bom ter a prefeitura próxima do povo”, declarou. Sua neta Ana Heloísa Porto, de seis anos, se esbaldou na recreação com argola. “Aqui posso me divertir com meus amigos, correr e pular. Eu adorei”, destacou a pequena.

Regina Cardoso Motta, de 47 anos e diarista, conseguiu a transferência do benefício do Bolsa Família da neta, que morava em Nova Iguaçu, para o município. “Minha neta morava com a mãe e o padrasto. Por motivos familiares, ela teve que vir morar comigo esse ano. A equipe do CRAS me orientou sobre como proceder com a transferência do cadastro único que ela recebe”, relatou Regina, que também conseguiu agendar atendimento psiquiatra. Flaviane Braga Silva, também diarista, parabenizou o atendimento do Acolhimento Social, que a orientou sobre a segunda via da carteira de identidade e aproveitou para fazer a carteira de trabalho.

Maria Victória Lopes, de 14 anos, estudante do E. M. Antônio Lopes da Fontoura, atualizou a carteira de vacinação. “Estou adorando esse evento. A picada da vacina doeu só na hora, mas sei que é necessária. Agora vou aproveitar as outras atrações” disse Maria. A mãe da Vitória, Egilvania Lopes, aproveitou o evento para fazer o cadastro no programa “Casamento Comunitário” para oficializar a relação de quatro anos.

Adélia Moreira, de 55 anos, é costureira e foi na ação para se inscrever nos cursos geradores de renda do CRAS e da secretaria de Trabalho. “Atualmente, estou desempregada e pretendo me requalificar para conseguir entrar no mercado de trabalho”, contou Adélia. Ana Rafaela Lima, de 29 anos, relatou que nunca participou de uma ação tão grande e proveitosa. “É uma chance maravilhosa receber esta ação aqui no bairro, pois é uma região muito distante dos setores da Prefeitura”, disse Ana.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here