Encontro de Ritmos na Arena Flamengo - Foto: Clarildo Menezes

Mais de 300 crianças se apresentaram nesta quarta-feira (21/08) no “II Encontro de Ritmos”. O evento, realizado na Arena Flamengo, reuniu alunos de todos os polos dos Projetos Esporte Presente e Maricá Mais Esporte, ambos, oferecidos gratuitamente pela Prefeitura de Maricá por meio da Secretaria de Esporte e Lazer.

Com apresentações de jazz, balé e ginástica rítmica, ao todo 18 coreografias foram apresentadas, entre elas, “O Rei Leão”, “Michael Jackson”, “Bailarinas” e muitas outras que emocionaram e arrancaram aplausos do grande público.

“Umas das nossas propostas com os projetos da pasta de Esportes são os encontros dos polos onde as crianças podem mostrar todo o aprendizado adquirido nas aulas e os pais que nem sempre podem acompanhar  o treinamento acabam tendo neste evento a oportunidade de ver a evolução dos seus filhos. O nosso objetivo é que a família possa estar mais perto da criança”, explicou Carlos Vagner, coordenador de Esportes.

“Já estou no projeto da Prefeitura há dois anos e gosto muito. Hoje vamos apresentar um número inspirado no Rei do Pop e ensaiamos bastante. Meu nervosismo só não é maior que a minha vontade de subir no palco e apresentar a coreografia”, revelou Eduarda Caetano, de 17 anos, moradora de Itaipuaçu.

“É muito prazeroso ver minhas filhas participando desse evento. Nunca pensei que eu pudesse proporcionar isso a elas e graças aos projetos da Prefeitura isso está sendo possível”, disse a moradora de Itapeba, Cíntia Aguiar, mãe das alunas Milena Ferraz, de nove anos e Sofia Ferraz, de oito anos. “Adoro ginástica rítmica e treinei muito para a apresentação de hoje”, contou Milena. “Estou nervosa e feliz por estar aqui”, afirmou a pequena Sofia.

“Também pratico esporte nos Projetos da Prefeitura e acho tudo maravilhoso, pois além de ter uma atividade para mim, também tem para a minha filha. Desde que ela começou a frequentar as aulas passou a ter mais responsabilidade com horários e melhorou inclusive o desempenho na escola”, comemorou Patrícia Ribeiro, moradora do Marquês, enquanto aguardava ansiosa, pela apresentação de sua filha Maria Eduarda, de sete anos.

Ainda de acordo com Carlos Vagner o “II Encontro de Ritmos” não tem caráter competitivo. “Criança gosta de brincar e através do lúdico elas estão sendo preparadas para um mundo melhor e certamente se tornarão um adulto melhor. Elas não aprendem apenas a técnica e os movimentos, mas a ter disciplina, a trabalhar em equipe e, por isso, não fazemos desse evento uma competição, mas sim um grande encontro”, finalizou Carlos Vagner.

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here