Palco Aberto na orla de Araçatiba - Foto: Clarildo Menezes

As lagoas de Araçatiba e das Amendoeiras, em São José do Imbassaí, receberam no último fim de semana o projeto Palco Aberto, da Secretaria de Cultura. No sábado (24/08), o cantor Rogério Costa subiu no palco montado na Praça Tiradentes e levou em seu repertório muita MPB e sertanejo universitário.

O objetivo do projeto é abrir espaço para que o músico local, seja ele cantor solo, instrumentista ou bandas de até cinco pessoas, possa mostrar o seu talento.

“Estamos fazendo uma ficha de cadastro porque a intenção é mapear todos esses artistas que moram na cidade, até mesmo para podermos interagir e darmos um apoio à carreira da galera”, disse a coordenadora de música da pasta, Dalva Alves. “Pedimos que a pessoa mande um vídeo se apresentando em algum show ou alguma festa para tomarmos conhecimento de como é o trabalho dela”, solicitou.

Participando pela primeira vez, o artista de Maricá agradeceu pela oportunidade que lhe foi concedida. “É sempre bom você ter um projeto para os moradores e um espaço para mostramos o nosso trabalho”, afirmou Rogério Costa.

Vendo seu filho João Lucas, de 7 anos, brincar na praça próxima ao palco, o construtor Carlos Silva, de 38 anos, aprovou a iniciativa. “Enquanto eu olho ele brincar, curto um sonzinho com um repertório bem legal”, contou.

Moradora da Ilha do Governador, Larissa Cabral, de 29 anos, veio visitar sua amiga que está grávida. “Morava em Maricá quando era mais nova e vendo isso aqui tudo limpo e agradável é muito bom”, comentou.

Em São José do Imbassaí, a animação ficou por conta do cantor Diogo Madureira que levou no domingo (25/08) um pouco de pop, MPB, sertanejo e músicas internacionais. “Para mim, é uma novidade. O pessoal é meio carente de som aqui e o que pudermos fazer para mostrarmos um som bacana para o pessoal curtir uma ‘vibe’ diferente é bem legal”, disse o artista.

Passeando com sua família pela lagoa das Amendoeiras, a artesã Graça Pozzoli destacou pelo fato de o projeto ser gratuito. “Isso é importante porque nem todo mundo tem condições de sair pagando um show e ainda ter que comprar bebida e comida. Acho essa ideia muito bacana”, afirmou a moradora do centro de Maricá.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here