Imagem de gado sendo vacinado na campanha contrea febre aftosa
Vacinação contra febre aftosa acontece até dia 29 de novembro - Foto: Fernando Silva

A Prefeitura de Maricá, por meio de Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca, iniciou mais uma campanha de vacinação contra a febre aftosa – a segunda deste ano. Até o dia 29/11, o pecuarista que tiver a quantidade de 60 animais será contemplado com a vacinação gratuita.

O coordenador da campanha em Maricá, Marcelo de Oliveira, conta que o município dispõe de aproximadamente três mil doses para imunizar os animais, que serão protegidos contra a febre aftosa e a raiva simultaneamente. Ressalta ainda que, como ocorreu em ocasiões anteriores, os pecuaristas que tiverem mais do que 60 animais terão de fazer a vacinação e depois comunicar à secretaria. 

Ainda segundo ele, a imunização contra a febre aftosa é extremamente necessária, e o fornecimento gratuito das vacinas é exclusividade do maricaense. “Precisamos imunizar o gado e os búfalos porque essa doença pode gerar um problema sério no país, não só em Maricá. Aqui nos empenhamos ao máximo para que o pecuarista tenha acesso às campanhas, e nós somos talvez os únicos que fazem isso no estado do Rio”, explica.

O secretário Júlio Carolino reiterou a importância da imunização dos animais a nível nacional. “Essa campanha nos deixa livre da febre aftosa e do embargo ao nosso produto, porque basta termos um caso que a gente não consegue mais exportar carne para outro país”, explicou.

“Os produtores podem procurar o nosso posto no centro para comunicar a vacinação dos seus animais e também para tirar o seu guia de transporte para andar regularizado. Oferecemos esses serviços também gratuitamente, é só nos procurar”, acrescentou Julio.

A febre aftosa é uma doença infecciosa aguda que causa febre, e com agravamento surgem aftas na boca e nas patas de animais com casco fendido. O vírus está presente no fluido da vesícula, na saliva, no leite e nas fezes dos animais contaminados – que podem facilmente contaminar outros animais e em alguns casos os humanos também.

As recomendações da Secretaria Estadual de Agricultura para quem pretende vacinar diretamente os seus animais são as seguintes:

– Adquirir as vacinas em lojas autorizadas;

– Manter a vacina no gelo até o momento da aplicação;

– Escolher a hora mais fresca do dia e reunir o gado;

– Agitar o frasco antes de usar e aplicar a dosagem certa em todos os animais: 2 ml;

– Seguir as recomendações de limpeza: utilizar a agulha certa, desinfetada e trocada com frequência.

Os pequenos pecuaristas podem ligar para o número (21) 99207-2388 para esclarecer dúvidas e acompanhar a agenda de vacinação.

Confira os locais de vacinação até o final da campanha:

1ª semana

 – Saco das Flores

– Caju

– Bambui

– Manoel RIbeiro

– Espraiado

– Bananal

 

2ª semana

– Flamengo

– Itapeba

– Ponta Negra

– Jaconé

– Cordeirinho

– Ubatiba

 

3ª semana

 – Silvado

– Caboclo

– Lagarto

– Caxito

– Retiro

 

4ª semana

 – Pindobas

– São José do Imbassaí

– Inoã

– Cassorotiba

– Itaipuaçu – Recanto

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here