Circuito Ecológico na Pedra do Macaco - Foto: Divulgação

O Circuito Ecológico Caminhos de Maricá, desenvolvido pela secretaria de Cidade Sustentável, foi selecionado como um dos finalistas do Prêmio Nacional do Turismo 2019, realizado pelo Ministério do Turismo.

Como o único de iniciativa pública no estado do Rio de Janeiro, o projeto participa pela categoria Iniciativas de Destaque – Aproveitamento do Patrimônio Natural para o Turismo.

O prêmio tem como objetivo identificar, reconhecer e premiar iniciativas de destaque do turismo que tenham inovado ou trabalhado de forma proativa para o desenvolvimento do turismo no país.

Dividido em fases, como inscrição, habilitação e classificação, mais de 500 projetos participaram do concurso e o Circuito Ecológico Caminhos de Maricá já está entre os 25 melhores do país.

“Temos grande chance de ganharmos como a melhor iniciativa, principalmente, pela simplicidade do nosso projeto porque conseguimos trabalhar e estimular a prática do Ecoturismo com Sustentabilidade e foco na Educação Ambiental, fomentando de maneira significativa o comércio local das áreas naturais protegidas”, destacou a coordenadora do projeto, Márcia Freitas.

Concorrendo na mesma categoria, estão o Bondinho Pão de Açúcar (outro projeto do estado do Rio de Janeiro, mas da iniciativa privada), o projeto “Caminho de Cora Coralina”, da Agência Estadual de Turismo do Estado de Goiás, o projeto “Estruturação do Turismo de Observação de Baleias Jubarte”, desenvolvido em Vitória (ES) pela Companhia De Desenvolvimento, Turismo e Inovação, dentre outros finalistas.

Dentre alguns critérios serão considerados pela comissão julgadora aspectos como adequação, abrangência territorial, coerência na descrição da iniciativa, princípios do turismo responsável, replicabilidade, efetividade e eficiência, continuidade e autossustentação, contribuição significativa para o turismo e inovação e/ou ineditismo no turismo.

A escolha dos 25 projetos selecionados foi divulgada por meio de edital do Ministério do Turismo no dia 7 de novembro. O resultado definitivo dos premiados sairá no dia 29 de novembro e a cerimônia de premiação será no dia 4 ou 5 de dezembro, em Belo Horizonte.

Criado em setembro de 2013, já foram realizadas mais de 300 edições do Circuito Ecológico, com uma média de 30 participantes por passeio, totalizando em torno de 10 mil pessoas ao longo dos seis anos desde sua implantação, com roteiros pelas Pedras de Itaocaia, Caminhos de Darwin e um dos principais, a Travessia Espraiado /Tomascar, que permite aos aventureiros conhecer as belezas naturais do município, a fauna e a flora local e descobrir as diversas espécies naturais da mata Atlântica que fazem parte do patrimônio natural de Maricá.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here