ICTIM se associa a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência

Instituto da Prefeitura de Maricá vai levar os projetos municipais para o cenário nacional

quinta-feira, 22 setembro 2022

Foto: Elsson Campos

O Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM) é a mais nova integrante da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), instituição que existe há 73 anos e possui cerca de 100 entidades científicas reunidas em todo país. O objetivo é levar os projetos desenvolvidos no município para o cenário nacional e o próximo passo é promover seminários e palestras em Maricá com a participação de membros do SBPC.

Para o diretor-presidente do ICTIM, Celso Pansera, filiar-se à SBPC é mais um passo no processo de valorização da ciência, que coloca o instituto num patamar nacional entre os principais órgãos de inovação do Brasil.

“Acreditamos que a ciência é algo fundamental para qualquer sociedade moderna e que os municípios podem ajudar na promoção e fortalecimento da área. Com essa parceria, vamos validar o ICTIM nesse ambiente e levar para todo o país os projetos inovadores de Maricá”, afirma Pansera.

O presidente da SBPC, Renato Janine Ribeiro, ressaltou o papel relevante que Maricá tem desempenhado para o desenvolvimento da região. “Maricá tem uma gestão positiva e inclusiva, já que é uma das poucas cidades no Brasil que oferece transporte com Tarifa Zero e está investindo na ciência com ônibus híbridos e de energia limpa em parceria com a Coppe/UFRJ. A adesão do ICTIM fortalece a SBPC”, destaca o presidente da sociedade brasileira.

A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência é uma entidade civil sem fins lucrativos, que trabalha pela defesa do avanço científico, tecnológico e do desenvolvimento educacional e cultural do Brasil. A entidade, fundada em 1948 e sediada em São Paulo, exerce uma importante função na expansão e no aperfeiçoamento do sistema nacional de ciência e tecnologia, bem como na difusão e popularização da ciência no País.

Além do ICTIM, são sócios institucionais da SBPC o Centro Alemão de Ciência e Inovação São Paulo (DWIH São Paulo); o Complexo Pequeno Príncipe; Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj); Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz); Fundação Péter Murányi; Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP); Microbiológica Química e Farmacêutica; e a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

Projetos do ICTIM

Entre os projetos desenvolvidos no ICTIM destacam-se o “Programa Bem Viver Alimentar”, que incentiva a produção de alimentos na cidade pelo pequeno agricultor que garante a oferta de alimentos típicos da região, entre eles jaca, guandu, banana, abóbora e aipim; além de um moderno sistema de produção de alimentos orgânicos por meio de estufas que inclui tomates, berinjelas, pepino, shitake e shimeji, para escolas, hospitais e restaurante municipal.

Além disso, conta com outros projetos, como a instalação de um açougue vegano em parceria com a Vegan Food; aparelhos de respiração mecânica não-invasiva para os hospitais municipais; pesquisas de iniciação científica em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro; projeto de Iniciação Científica com alunos do programa Passaporte Universitário, que estão desenvolvendo pesquisas acadêmicas; projeto “Sim, Eu Posso” de erradicação do analfabetismo; Casa da Ciência de Itaipuaçu que também contará com um planetário; ambientes digitais com cursos de informática e computadores para uso comum da população; e a Pesquisa Sentinela Covid-19 de monitoramento da doença no município.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Estamos nas Redes Sociais

Traduzir